Maio 30, 2020

Canela do Ceilão

Conhecida como a verdadeira canela e a mais saborosa! Produzida da planta Cinnamomum zeylanicum. Outro nome botânico alternativo para canela do Ceilão é Cinnamomum verum, que traduzido significa “canela-verdadeira.”

É originaria do Sri Lanka (antigo Ceilão). A canela já foi mais preciosa do que o ouro e a prata. O poder aromático desta planta era já conhecido na China e na Índia no século IX a.C. Os antigos egípcios valorizavam muito a canela e utilizavam-na para embalsamar e também em bruxaria. Os antigos gregos e romanos já a conheciam através das suas rotas de guerra e comércio. Os portugueses conquistaram Ceilão em 1536 com o único propósito de alcançar o monopólio do lucrativo comércio da canela, mas entraram em guerra com os holandeses que foram ganhando controlo sobre as especiarias do sudoeste asiático e monopolizaram o comércio da canela durante bastante tempo tendo, no entanto, perdido este monopólio para os franceses e mais tarde no século XVIII para os Ingleses.

A cor é um ponto chave para distinguir o tipo de canela. A Canela do Ceilão é mais clara do que a normal.  O problema é que depois de transformadas em pó torna-se muito difícil de se diferenciar – visualmente ou aromaticamente. Mas há um truque que podes fazer para saber se a canela que tens em casa é do Ceilão. Coloca umas gotas de iodo num pouco de canela e vê se existe alguma mudança na cor do pó. Se o pó ficar mais escuro, azul marinho ou castanho, é de cássia.  A canela cássia, também chamada de canela “comum” ou canela da China, esse é o tipo mais usado contém uma substância chamada cumarina. Estudos recentes sugerem que esta substância pode ser tóxica para o fígado quando ingerida em quantidade ou por pessoas que tomem regularmente aspirina (a Cumarina é anticoagulante).  Estes dados são apenas preocupantes para quem consome cerca de uma colher de chá por dia de canela.

A cumarina não é encontrada em quantidades significativas na Canela de Ceilão

Informação nutricional

 O interior da casca contém cerca de 10% de óleos essenciais como o eugenol, o cineol e o cariofileno. Contém ainda taninos, glúcidos, mucilagem, cálcio, resina, oxilatos e cumarinas.

 

Benefícios

✅ Estimula o sistema gastrointestinal, circulatório e respiratório;

✅ Aquece o organismo, sendo muito útil para tratar gripes, constipações e febres, é antibacteriana das vias respiratórias, ajudando a aliviar alguns tipos de asma, afrodisíaco, antiespasmódico, muito aconselhado no tratamento de dores menstruais, dores de cabeça, vómitos, mau hálito, pés e mãos frias;

✅ Tem ação antifúngica

✅ Tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, anticancerígenas, reduz os níveis de colesterol, promove a saúde cardiovascular e é especialmente benéfica para diabéticos ou pessoas com predisposição a esta doença.

✅ Regulação dos níveis de açúcar no sangue sendo recomendada em alguns casos de diabetes tipo 2.

✅ Na Índia era recomendado como anti conceptivo feminino.

 

Utilização de consumo

Dose diária recomendada – 2 a 4gr pau, até 0,2gr para óleos essenciais; infusão – 0,5gr a 1gr de pó/ chávena, 3 chávenas por dia.

 

Contra indicações

O uso de canela não é recomendado a grávidas por ser um estimulante uterino. O óleo essencial pode causar dermatite de contacto, irritação das mucosas ou reações alérgicas sobretudo a cinnamomum cassia.

Subscribe to the newsletter

Fames amet, amet elit nulla tellus, arcu.

Leave A Comment